Feeds:
Posts
Comentários

Vida

Pelas ruas da cidade pessoas andam no vai e vem
Vem o cair da tarde, vão nos seus passos como reféns
De uma vida sem saída, vida sem vida, mal ou bem
Pelos bancos desses parques ninguém se toca sem perceber
Que onde o sol se esconde o horizonte tenta dizer
Que há sempre um novo dia, a cada dia, em cada ser
Não é preciso uma verdade nova, uma aventura
Para encontrar nas luzes que se acendem um brilho eterno
E dar as mãos, e dar de si, além do próprio gesto
E descobrir feliz que o amor esconde outro universo

Pelos becos, pelos bares, pelos lugares que ninguém vê
Há sempre alguém querendo uma esperança, sobreviver
Cada rosto é um espelho de um desejo de ser, de ter
Não é preciso uma verdade nova, uma aventura
Para encontrar nas luzes que se acendem um brilho eterno
E dar as mãos, e dar de si, além do próprio gesto
E descobrir feliz que o amor esconde outro universo

Cada rosto é um espelho de um desejo de ser, de ter
Talvez quem sabe por esta cidade passe um anjo
E por encanto abra suas asas sobre os homens
E dê vontade de se dar aos outros sem medida
A qualidade de poder viver vida vida
Vida
Vida

 

Fica comigo, Senhor, pois preciso da tua presença para não te esquecer. Sabes quão facilmente posso te abandonar.
Fica comigo, Senhor, porque sou fraco e preciso da tua força para não cair.
Fica comigo, Senhor, porque és minha vida, e sem ti perco o fervor.
Fica comigo, Senhor, porque és minha luz, e sem ti reina a escuridão.
Fica comigo, Senhor, para me mostrar tua vontade.
Fica comigo, Senhor, para que ouça tua voz e te siga.
Fica comigo, Senhor, pois desejo amar-te e permanecer sempre em tua companhia.
Fica comigo, Senhor, se queres que te seja fiel.
Fica comigo, Senhor, porque, por mais pobre que seja minha alma, quero que se transforme num lugar de consolação para ti, um ninho de amor.
Fica comigo, Jesus, pois se faz tarde e o dia chega ao fim; a vida passa, e a morte, o julgamento e a eternidade se aproximam. Preciso de ti para renovar minhas energias e não parar no caminho.
Está ficando tarde, a morte avança e eu tenho medo da escuridão, das tentações, da falta de fé, da cruz, das tristezas. Oh, quanto preciso de ti, meu Jesus, nesta noite de exílio.
Fica comigo nesta noite, Jesus, pois ao longo da vida, com todos os seus perigos, eu preciso de ti.
Faze, Senhor, que te reconheça como te reconheceram teus discípulos ao partir do pão, a fim de que a Comunhão Eucarística seja a luz a dissipar a escuridão, a força a me sustentar, a única alegria do meu coração.
Fica comigo, Senhor, porque na hora da morte quero estar unido a ti, se não pela Comunhão, ao menos pela graça e pelo amor.
Fica comigo, Jesus. Não peço consolações divinas, porque não as mereço, mas apenas o presente da tua presença, ah, isso sim te suplico!
Fica comigo, Senhor, pois é só a ti que procuro, teu amor, tua graça, tua vontade, teu coração, teu Espírito, porque te amo, e a única recompensa que te peço é poder amar-te sempre mais.
Como este amor resoluto desejo amar-te de todo o coração enquanto estiver na terra, para continuar a te amar perfeitamente por toda a eternidade. Amém.

Padre Pio.

“Rezai e continuai a rezar para não ficardes entorpecidos”.(Padre Pio)

jesus_quadro_com_jovem

Oi Pai, hoje tô aqui pra ter aquela conversa que você tem pedido a tanto tempo para termos e que eu insistia em recusar, dizendo que não tinha tempo, que não precisa da conversa.

Mas ontem de manhã, voc me fez esse pedido de novo, mas de uma forma diferente, você colocou um espelho na minha frente. Quando eu olhei, confesso que levei um susto, comecei a chorar, não conseguia parar, a dor era muito grande. Me vi toda machucada, não entendia porque.Meu reflexo foi virar a cara, para não ver aquela imagm, mas dessa vez não consegui.

Percebi quanto tempo, fazia que não vivia, quanto tempo, arrastava minha vida, levava as coisas de qualquer jeito, achando que tudo que fazia só podería no máximo me atingia. Me omiti, nossa, quantas vezes, achando que era o melhor, que não faria mal a ninguém, e ninguém veria meus defeitos, ou me criticaria,pensava que isso fosse solidariedade.

Meus compromissos, sempre feitos em última hora, achando que apenas o fato de tê0los cumprido, era o necessário, e a forma como foram feitos era apenas um detalhe.

Minha visão da vida sempre muito fechado em mim mesmo, sendo carregada, pelo meu medo e encerrada nas minhas limitações.

Preferi muitas vezes pular a cerca, ao invés de enfrenta-lá, de entender porque ela estava ,ali. Quando sentia que não iria conseguir me comprometer com algo, dava desculpas, que na verdade eram mentiras.

Sempre me disse democrática, mas quando chegava a hora de por as idéias compartilhadas em prática, fugia, trocava por aquilo q era mais prática, mais cômodo, que não trariam tantos, problemas.

Hoje Pai, tô aqui pra te pedi desculpas, por tudo isso, por viver a tanto tempo dentro da tua “igreja”, mas vivendo tão longe das pessoas que compunham ela, me prendendo em realizar os meus planos.

Quero viver diferente hoje Pai, realmente quero, abri meus olhos, me dá força para eu entender o que eu preciso viver e não o que eu quero viver. Me ajuda, a ser mais fiel, a ser capaz de me doar, se esperar algo em troca.Me ajuda a viver, sem medo, de ser livre, de amar, de falar quando for preciso, de sentir.

Hoje Pai, sei que sou apenas uma terra seca, que deseja ser molhada pela tua água,para que a semente que tem em mim, possa crescer, mas espero que um dia, eu possa ter não mais uma semente, mas uma árvore que dê frutos, que possam ser compartilhados. Amém.

knielen_bij_kruis_2[1]  

Tenho vivenciado um período em que estou sendo chamada a tomar decisões.Só que para poder tomá-las, é preciso que eu organize minha empresa.

 A empresa, possui recursos(pessoais, materiais),tem sua estrutura, está dentro de um ambiente e tem objetivos a serem alcançados.Nenhuma empresa consegue ir a frente se não possui recursos, ou se estes são fracos, ou ainda, se não tem uma organização e não planeja como alcançará seus objetivos. É preciso muito mais que dinheiro ou investimos físico, para que ela se mantenha em pé.

  A nossa empresa também precisa se organizar, não dá para simplismente termos uma idéia e começar a pô-la em prática, é preciso oraganizar, e posso dizer que a oração seria um bom começo.

  Coordeno um grupo jovem que possui 34 anos de história. Bastante tempo né, para um grupo, mas o problema é que justamente nos faltou essa organização. Priorizamos, fazer escolhas, antes, de darmos este primeiro passo e com isso o gás que possuíamos foi acabando e as decepções foram ocorrendo, por não se ver os frutos que queríamos. 

  A oração nos auxilia organizar nossa empresa, a entender o que queremos, e a perceber o que é melhor a ser feito.Nela, se inserem o silêncio, que aguça os outros sentidos que possuímos, permite que enxerguemos com mais clareza e profundidade e sintamos, o que poucas vezes conseguimos;a espera, que nos ajuda a agir com mais discernimento e a perceber que o tempo que precisamos trabalhar não é o cronos, que vivenciamos diariamente, mas sim o kairós, o tempo de Deus, e por último a escuta, que nos enriquece, que direciona melhor nosso trabalho, nos ajuda a entender qual é a real necessidade.

 A partir daí, acredito, que nossa empresa estará um pouco mais organizada, terá mais recursos , estará pronta pra entrar no mercado de trabalho e fortalecida para quando vier uma crise.

” Quando se busca o cume da montanha, não tem importância as pedras do caminho”

Que Deus nos abençõe!!

jesus_washes_the_disciples_feet[1]

     Recebi um e-mail de uma amiga minha e isso me fez refletir e querer partilhar um pouco disso aqui.

     Quando alguém chega perguntando qual é a nossa religião, de um modo gera,l nos posicionamos como sendo cristãos. Esta palavra, tem o significado de aquele que segue a Cristo.

   Bom, vamos recordar um pouco sobre a pessoa de Cristo.

NOME: Jesus Cristo

DATA DE NASCIEMNTO: 25 de Dezembro

LOCAL DO NASCIMENTO: Estábulos em Belém

PAI: José

MÃE: Maria

PROFISSÃO DO PAI:carpinteiro

PROFISSÃO DA MÃE: do lar

AMIGOS: Simão Pedro, Judas Escariotes, Maria Madalena,Lázaro, O ladrão da Cruz, Paulo(Saulo), prostitutas,leprosos,etc.

CURSOS: medicina, advocacia,,enfermagem,telemarketing,recepcionista,garçon

FORMAÇÃO ACADÊMICA: Pescador

ESPECIALIZAÇÃO: Milagres

CAUSA DA MORTE: Deu amor de mais

   Depois de ver um pouco da história deste Homem, você se consideraria um cristãos? A mim, me falta fazer muita coisa. Quando olho por exemplo para as amizades, nossa, são justamente as pessoas que eu tenho mais dificuldades de lidar: o assassino, a adúltera, o ladrão, o perseguidor. Cristo,lidava com boa parte destas pessoas, acredito que em uma boa parte do seus tempo. Tinha paciência pra lidar com suas fraquezas, limitações e erros, oferecendo sempre uma nova chance. Caramba, e eu quase não consigo ouvir, as pessoas que moram comigo na minha casa, me falta paciência pra escutar.

   Jesus, aonde ia, uando percebia ou ouvia o pedido de alguém que precisava de uma cura ou um milagre, parava e olhava, para aquela pessoas e não só curava, mais escutava, olhava com profundidade e acolhia tudo aquilo. Muitas vezes, eu não tenho tempo, pra parar alguns minutos do meu dia, pra escutar algupem que está na rua pedindo ajuda, quando dá, pago um salgado e um refresco, achando que já estou fazendo de mais. Tenho vergonha ou até medo, de parar e comer com aquela pessoas, perguntar seu nome e escutar suas necessidades.

   Acho que estamos mais para humanos do que para cristãos. Cristo, não se preocupava com o que ganharia, ou com o que perderia, apenas via a necessidade e ia atendê-la.

  Amigos, não nos devemos culpar, se muitas dessas coisas ainda nos faltam, pois somos parte de um processo de modificação. É necessãrio sim ,que tenhamos a partir de hoje um olhar atento a tudo que fazemos e como temos correspondido a vontade de Deus.

É importante lembrar que Deus, está sempre aberto a escolhas e se por a caso falhamos nelas, estará da mesma forma nos esperando.

vela[1][1]

Você já parou para observar uma vela? Como é que ela funciona?

Bom, a vela é formada por um pavio, a cera e precisa do fogo para começar a funcionar.

Ao mesmo tempo que é tão fácil fazê-la funcionar, o processo contrário  é da mesma forma.Acho que esse é o maior desafio da vela, manter sua chama acesa. Se você parar pra perceber, para que ela não apague, depende da cera e do pavio se manterem em uma quantidade adequada, mas também é preciso que outros fatores não interfiram como, por exemplo, o vento.

Quero chegar justamente aqui. Somos como velas, que possuem seus pavios, sua cera e que depende de Deus para acendê-la. Porém, para que ela continue acesa é preciso que manter nossos “ingredientes” sempre na quantidade adequada. Um deles: a nossa vida espiritual.É preciso se reabastecer, para isso temos a comunhão( na sua forma íntegra), a oração, a confissão, etc.

Deus, sempre está disposto a acender nossa chama, quando ela apagar, porém precisamos, manter em nós a cera e o pavio e a partir daí ,então, podemos pedir que Ele venha com o seu fósforo, nos acender.

Essa chama que existe em nós, é para ser repartida, formar novas velas, iluminar novos lugares, por isso a necessidade de manter nossa chama acesa. Não há como querer acender a chama alheia, se anossa está a muito tempo apagada.

Peçamos a Deus que nos reabastece no espítiro e no físico, para que possamos ser capazes de mater nossa chama sempre acesa, mesmo que fraca e que se assim for ela, que Ele da mesma forma , possa fortalecer esta a cada dia.

Que Deus os abençõe!! Continuar Lendo »

a-ultima-ceia-jesus-e-as-criancas[1]

Tenho vivenciado algumas situações que me fazem refletir quem é o mendigo na realidade.

Hoje de manhã, durante a celebração da missa, o Padre falava, sobre a postura que costumamos ter diante de pessoas menos favorecidas, muitas vezes nem olhamos para elas. Talvez a nossa primeira postura seja recriminar, dizendo que ela é nova e poderia trabalhar ou então, pra quê dar esmola, eles vão gastar com a bebida mesmo.Realmente pode ser que tudo isso aconteça, porém quem somos nós para julgarmos.

Quando comecei a faculdade, participei da atividade do trote, no primeiro dia ,quando nos puseram na rua para pedir dinheiro, me deparei com um menino, devia ter uns 10 anos no máximo e ele vendo que agente pedia dinheiro, começou a colocar no copo de cada um, suas únicas moedinhas. Nossa ,aquilo me chocou, nunca me imaginei em uma situação igual. Quando tentei devolver o dinheiro pra ele, e agora até o dinheiro que tinha pego antes, ele me respondeu com uma pergunta:” Mas vocês não tão pedindo dinheiro?”

Como pode, alguém tão simple, tão humilde, que só possuía sua sacolinha com algumas moedas ser capaz de doar o tudo que tinha, até mesmo sua atenção naquele momento pra nós e eu que tendo “tudo”, fico receosa de dar, de me aproximar.

Daí vem o questionamento do início: Quem é o mendigo na história?

Peço a Deus que dia-adia me faça como esse mendigo, me dando a graça de ter suas riquezas, de poder partilhar meu nada na esperança de receber o tudo de Deus que há nela.

Proponho como exercício: que pratiquemos o olhar aprofundado, tentando olhar para aquilo que há de melhor no outro.

Que Deus os abençõe!!